Pesquise aqui os produtos mais baratos da internet. O Marudá Ofertou

sábado, 29 de abril de 2017

Esses 5 sinais podem lhe ajudar a identificar um caixa eletrônico modificado por criminosos

Resultado de imagem para caixa eletronico modificado
Foto internet

Os caixas eletrônicos são comuns no mundo todo, e funcionam de maneira semelhante em vários países diferentes. Mas apesar dessas ferramentas serem bastante úteis e seguros na maior parte do tempo, a criminalidade está sempre evoluindo e pensando novas maneiras de aplicar seus golpes. Somente nos Estados Unidos, estima-se que as fraudes em caixas eletrônicos tenham aumentado em 546% em um ano, de acordo com a FICO.

Essa estatística tem alarmado as autoridades que buscam combater essa modalidade de crime e ensinar os usuários a detectar possíveis irregulares e evitar se tornar mais uma vítima. Por isso, o especialista da FICO, Brian Kinch, explica que existem 5 dicas importantes que podem lhe ajudar a perceber que um caixa eletrônico foi alterado por um criminoso.

Daily Mail
1. Frente falsa.

Muitos bandidos constroem suas próprias estruturas na frente dos caixas eletrônicos. Em geral, elas possuem câmeras e/ou outros artefatos que buscam registrar sua senha e outros dados da sua conta.

Antes de realizar uma transação nesses caixas, revise-o e tente movê-lo, já que geralmente o trabalho dos bandidos é mal feito, e a estrutura falsa acaba ficando perceptível.

2. Ranhura volumosa.

Outros criminosos optam por fabricar apenas a ranhura em que é introduzido o cartão. Esta é colada sobre a original, e o segredo está dentro dela: um artefato chamado ‘skimmer’, que copia os dados da sua conta e os armazena em uma memória (ou envia para outro dispositivo), com o intuito de clonar o cartão. O pior é que, se você for vítima de um skimmer, provavelmente não vai perceber. Por isso, preste atenção na ranhura do cartão.

3. Ranhura frouxa ou bloqueada.

Compareguru.co.ke
Esse dispositivo é chamado de ‘laço libanês’, e serve para permitir que seu cartão entre na ranhura, mas não saia. Desta forma, depois de realizar uma transação, você não conseguirá retirar seu cartão – que ficará preso até que o bandido volte ao local.

4. Teclado frouxo.

Undimscovered.blogspot.com
Os artefatos utilizados na ranhura do cartão copiam os dados da sua conta, mas não podem fazer muito sem a sua senha. Por isso, muitos criminosos também montam teclados falsos que registram os botões que você aperta quando digita sua senha.

5. Estranhos ao redor.

Não queremos dizer para você suspeitar de todos os que estão perto de você, mas se você sentir que existe muita gente por perto enquanto você faz a transação, é melhor retirar seu cartão e procurar outro caixa eletrônico onde você se sinta mais seguro.

Lembre-se que a maioria dos criminosos atua em grupo, e que se você tentar tirar satisfações com um deles, provavelmente terão outras pessoas para defendê-lo.

Daily Mail
Fonte: Upsocl



O Marudá Ofertou

Publicidade: Sua marca aqui! 728 x 90

Publicidade: Sua marca aqui! 728 x 90

Publicidade: 1

Arquivo de postagens do site