quinta-feira, 13 de abril de 2017

Senhorita Andreza é morta no bairro da Cabanagem, em Belém


 Testemunhas disseram que a jovem foi morta por dois homens, que chegaram em uma motocicleta e dispararam várias vezes contra Andreza

Por: Redação ORM News
BELÉM

Foto: Elivaldo Pamplona
Andreza Ariani Castro de Souza, de 22 anos, também conhecida como “Senhorita Andreza”, foi morta na noite desta quinta-feira (13).
Segundo o aspirante Willian Costalat, do 24º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Andreza estava na frente de casa, com um prima, na avenida Independência, bairro da Cabanagem, em Belém.

Por volta das 20h30 da noite, dois homens em uma motocicleta pararam perto das jovens. O homem que estava na garupa desceu, e começou a perseguir Andreza, que tentou fugir. Ao chegar na frente de outra residência, o atirador disparou várias vezes contra a jovem, que caiu no meio da via pública. 

Uma equipe do Centro de Perícias Cientificas Renato Chaves (CPC) foi acionada. O perito Robson Nunes explica que o relato de como foi a morte é semelhante a análise feita por eles no corpo de Andreza. "O que podemos constatar é que ela recebeu cinco disparos de arma de fogo, a maioria direcionada para a cabeça. Um dos tiros, o último, foi quase encostado na testa dela.  Há outros tiros que a atingiram de raspão nas pernas e no rosto. Ela com certeza correu e os primeiros tiros foram recebidos enquanto ela estava em movimento", explica o perito.

Em dezembro do ano passado, Huanderson Ferreira Ramos, de 22 anos, marido da Senhorita Andreza, também foi morto em um crime com características de execução, no mesmo perímetro em que Andreza foi morta. O homem foi atacado por um atirador encapuzado, que desceu de um carro prata e atirou dez vezes na sua direção.

Fotos Marudá - Correspondente no local
Fotos arquivo pessoal


Nossos sentimentos a família!

Arquivo de postagens do site

Jesus Salva