segunda-feira, 1 de maio de 2017

Etapa do Campeonato Paraense de Canoagem reúne 25 atletas



As águas dos rios Guamá e Capim que banham o município de São Domingos do Capim, nordeste paraense, movimentam não só a economia e o turismo na cidade, mas também, o esporte. Como parte da programação esportiva do 17º Festival da Pororoca, se realizou na manhã deste domingo, 30, a I etapa do Campeonato Paraense de Canoagem Velocidade de 2017. Um total de 25 atletas participou da competição que ocorreu na orla da do município.


Para Adilson Gomes Nascimento, mais conhecido como “Jatobá”, os desafios que os atletas enfrentam se iniciam nos treinos. “Temos que treinar desviando dos nossos mururés (pequena ilha de mato que fica ‘subindo e descendo’ o rio) e enfrentando a correnteza, são os nossos obstáculos naturais. Mas assim como temos força para treinar, temos força para representar o nosso Estado. Sou de São Domingos, e temos que aproveitar a natureza que temos para formar outros grandes atletas”, disse o atleta, que já fez parte da seleção brasileira de canoagem.



Gil Soares, 27, foi o vencedor da prova mais disputada da etapa: a sênior masculino – 1000 metros. “Acordo às 5h para treinar todos os dias e estou muito satisfeito com o meu resultado. Acabei de chegar de uma ultramaratona de 140 km, onde fiquei em terceiro lugar. O corpo ainda está cansado, mas a luta é constante e consegui ficar em primeiro nessa prova. Agora vou me preparar para o Campeonato Brasileiro de Canoagem que será em Curitiba”, finalizou.

O ator Paulo Dalagnoli esteve na cidade prestigiando o Festival e falou sobre a importância do esporte. “O esporte é, as vezes, tudo o que uma criança e um jovem tem. Já vi o esporte mudando a vida de várias pessoas e sei que aqui também é assim. Ele nos ensina disciplina, respeito e garra. Parabéns à prefeitura e governo que incentivam eventos como esse”.

Projeto

São Domingos do Capim irá sediar um polo do Pará Aquático, projeto da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) que visa o desenvolvimento da canoagem de velocidade para jovens de 13 aos 18 anos.

A meta inicial da secretaria é a realização do programa em oito polos, que serão distribuídos pelas 12 regiões de integração do Estado: Metropolitana, Guamá, Rio Caeté, Araguaia, Carajás, Tocantins, Baixo Amazonas, Lago de Tucuruí, Rio Capim, Xingu, Marajó e Tapajós.

Para a diretora técnica de Esporte e Lazer, Kátia Rocha, “a cultura da cidade é muito forte em relação ao esporte e um objetivo do governo é interiorizar ações de apoio e fomento ao esporte e daqui têm saído bons frutos, grandes atletas paraenses”. O encerramento do 17º Festival da Pororoca será na noite deste domingo (30) com shows culturais.

Por Adriana Pinto e fotos Márcio Ferreira - Agência Pará

Arquivo de postagens do site

Jesus Salva