Pesquise aqui os produtos mais baratos da internet. O Marudá Ofertou

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Padrasto se irrita com choro e mata bebê de 2 anos

Padrasto se irrita com choro e mata bebê de 2 anos (Foto: Divulgação/Polícia Civil-RJ)
Carlos foi preso em flagrante por policiais (Foto: Divulgação/Polícia Civil-RJ)

Um homem foi preso em flagrante suspeito da morte da enteada de 2 anos. Carlos Sandro de Oliveira foi levado por policiais a uma delegacia e, segundo a Polícia Civil, confessou em depoimento que matou Katielen Camila de Oliveira Santana a socos após se irritar com o choro da criança, que era filha de sua mulher. O caso foi registrado em Nova Iguaçu (RJ), no último sábado (17).

Em nota, o delegado Willians Batista informou que equipe da Delegacia de Homicídios foi acionada para comparecer em outra unidade policial, onde uma morte, inicialmente apontada como natural, gerou suspeita.

A mãe da vitima relatou não ter ocorrido nada de estranho na residência, o que foi confirmado por vizinhos. Quando investigadores chegaram na residência, o padrasto da menina não estava no local. Os agentes, então, realizaram diligências atrás dele.

Por não haver marcas visíveis no corpo da criança, a perícia no local não foi conclusiva. No entanto, no Instituto Médico Legal (IML), o legista de plantão, ao analisar o corpo da vitima, diagnosticou inúmeras lesões internas no corpo da menina, inclusive com fraturas de costelas e hemorragia interna.


Confrontado com as conclusões periciais, em interrogatório, Carlos Sandro confessou a prática do crime e afirmou ter matado a criança a socos por se irritar com o choro dela. Carlos foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado (crime hediondo), cuja pena pode alcançar em até 30 anos de reclusão.

Por Extra

O Marudá Ofertou

Publicidade: Sua marca aqui! 728 x 90

Publicidade: Sua marca aqui! 728 x 90

Publicidade: 1

Arquivo de postagens do site