terça-feira, 6 de junho de 2017

Polícia identifica 3º terrorista envolvido em atentado em Londres

Youssef Zaghba, que teria origem ítalo-marroquina, não estava nos radares do serviço de inteligência  (Foto: Metropolitan Police / AFP)
Youssef Zaghba, que teria origem ítalo-marroquina, não estava nos radares do serviço de inteligência (Foto: Metropolitan Police / AFP)
Youssef Zaghba, que seria um cidadão italiano de origem marroquina, tinha 22 anos e vivia na região leste da capital britânica. Ele não tinha chamado a atenção do serviço de inteligência.
polícia britânica divulgou a identidade do 3º terrorista envolvido no ataque em Londres, ocorrido na noite de sábado (3). Youssef Zaghba, que seria um cidadão italiano de origem marroquina, não estava nos radares do serviço de inteligência. Em comunicado divulgado nesta terça-feira (6), a polícia afirmou que ele tinha 22 anos e vivia no leste da capital britânica.
No sábado (3), três terroristas usaram uma van para atropelar pedestres na London Bridge e ainda golpearam várias pessoas com facas. Sete pessoas morreram e quase 50 pessoas ficaram feridas. Os três agressores foram mortos pela polícia.
O jornal italiano "Corriere Della Sera" afirma que mãe de Zaghba é italiana e o pai, marroquino. O periódico diz ainda que, em 2016, ele foi detido ao tentar embarcar para Turquia, com a intenção de seguir até a Síria.
Na segunda-feira, a polícia britânica divulgou a identidade de dois terroristas: Khuram Shazad Butt e Rachid Redouane.
Khuram Shazad Butt, de 27 anos, era britânico de origem paquistanesa. Ainda de acordo com a polícia, ele era “conhecido das autoridades”, mas nada indicava que um ataque estava sendo planejado. De acordo com a BBC, ele era casado e tinha filhos.
Autores do ataque terrorista na London Bridge (Foto: Reprodução/Twitter/Metropolitan Police) Autores do ataque terrorista na London Bridge (Foto: Reprodução/Twitter/Metropolitan Police)
Autores do ataque terrorista na London Bridge (Foto: Reprodução/Twitter/Metropolitan Police)
A imprensa inglesa afirma que ele aparece em um documentário de televisão exibido no ano passado pela emissora channel 4 e que trata de extremistas britânicos. No programa, chamado "The jihadis next door" (os jihadistas da porta ao lado) o terrorista foi filmado em eventos com a presença de dois notórios pregadores islâmicos.
O terrorista havia trabalhado anteriormente para a empresa de transporte londrina e numa rede de fast food, disseram os vizinhos.
Rachid Radouane, 30 anos, era marroquino de origem líbia. Ele não estava nos radares do serviço de segurança do Reino Unido.
Autores do ataque terrorista na London Bridge (Foto: Reprodução/Twitter/Metropolitan Police)
Autores do ataque terrorista na London Bridge (Foto: Reprodução/Twitter/Metropolitan Police)
"Os investigadores gostariam de escutar qualquer pessoa que tenha qualquer informação sobre esses homens, e que possa colaborar com a investigação. Há um interesse específico em saber sobre quais lugares eles podem ter frequentado e sua movimentação nos dias e horas antes do ataque", afirmou o chefe da unidade antiterrorista da polícia britânica, Mark Rowley.
Ambos os homens residiam em Barking, bairro na região leste de Londres, e que no último domingo (4) foi alvo de uma operação da polícia que prendeu suspeitos de colaborarem com o atentado.
Detidos
A Polícia Metropolitana de Londres (Met) anunciou na manhã desta terça a prisão de um homem de 27 anos no bairro de Barking, na zona leste de Londres, por suspeita de envolvimento com o ataque. Na noite de segunda-feira (5), 12 pessoas que estavam sob custódia foram liberadas sem nenhuma acusação, segundo a agência Efe.
Minuto de silêncio

Londrinos participam de minutos de silêncio em homenagem às vítimas de ataque terrorista  (Foto: Matt Dunham/ AP)
Londrinos participam de minutos de silêncio em homenagem às vítimas de ataque terrorista (Foto: Matt Dunham/ AP)
O Reino Unido fez nesta manhã um minuto de silêncio em homenagem aos mortos e feridos no ataque. O som do sino do Big Ben às 11h (7h de Brasília) foi o sinal para que os londrinos interrompessem suas atividades e recordassem as vítimas do terceiro atentado no país em menos de três meses.

G1

Crie seu site

Loja virtual completa e barata

O Marudá Ofertou

Publicidade: 1

Arquivo de postagens do site