Pesquise aqui os produtos mais baratos da internet. O Marudá Ofertou

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Rodoviários e bancários vão paralisar nesta sexta



Diversas categorias de todo o país se preparam para realizar uma nova Greve Geral Nacional nesta sexta-feira (30), uma mobilização de diferentes setores para protestar pelas mesmas pautas de reivindicação, como o fim das reformas trabalhista e da Previdência. No Pará, a situação não deverá ser diferente, com trabalhadores de diversas áreas paralisando as atividades e realizando uma série de atos públicos.

Em Belém, uma grande caminhada deverá ser realizada pelas ruas do centro da cidade, com saída da Praça da República, no bairro da Campina, a partir das 11h. Além do movimento, outras manifestações deverão ocorrer em diversos pontos da cidade.

RODOVIÁRIOS

Os rodoviários de Belém, Ananindeua e Marituba deverão paralisar as atividades nesta sexta-feira. Segundo o sindicato dos trabalhadores em Ananindeua, os sindicatos dos três municípios deverão realizar atos públicos nas garagens das empresas para impedir a saída dos veículos. Há princípio, não há informações sobre se algum número de coletivos deverá rodar na cidade.

BANCOS

Bancários de todo o Estado também deverão paralisar as atividades nesta sexta-feira (30). A categoria decidiu aderir à greve durante uma assembleia no último dia 22, seguindo uma orientação nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf).

EDUCAÇÃO

Professores da rede estaudal de ensino e das redes municipal de Belém e Ananindeua deverão paralisar as atividades durante todo o dia. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), além das pautas nacionais, a categoria deverá realizar mobilizações cobrando o pagamento do piso salarial, realização de reformas nas unidades de ensino e maior segurança à alunos e trabalhadores.

Os professores da Universidade Federal do Pará (UFPA) também deverão cruzar os braços. Durante assembleia realizada no último dia 22, a categoria decidiu aderir à Greve Geral, além de rearticular um comitê unificado na instituição, junto com estudantes e técnico-administrativos, para discutir o movimento. O docentes deverão participar da mobilização na Praça da República.

DETRAN

Os trabalhadores do Departamento de Trânsito do Pará (Detran) deverão paralisar as atividades durante o ato nacional. Segundo o sindicato da categoria, os trabalhadores deverão se reunir em assembleia nesta sexta-feira para decidir sobre a participação no movimento, como a adesão às caminhadas e pontos de atos públicos.

SUPERMERCADOS

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Supermercados do Pará (Sintcpava), a categoria irá prestar apoio ao movimento de Greve Geral, mas não há indicativo para que os trabalhadores paralisem as atividades, e, portando, o funcionamento dos estabelecimentos está previsto para ser normal.

O presidente do sindicato, Antônio Caetano, entretanto, afirma que alguns trabalhadores deverão participar de mobilizações na cidade, com concentração na Escadinha da Estação das Docas, e que entende que “a Greve Geral é uma mobilização que paralisa toda a cidade”.

SERVIDORES FEDERAIS

Trabalhadores de diversos órgãos federais que atuam no Pará também irão aderir a mobilização e paralisar as atividades. Segundo o Sindicato dos Servidores Federais no Pará (Sintsep), a categoria deverá participar da mobilização na Praça da República, protestando contra a aprovação das reformas trabalhistas, da previdência e o projeto de terceirização.

Fonte:  (DOL)

O Marudá Ofertou

Publicidade: Sua marca aqui! 728 x 90

Publicidade: Sua marca aqui! 728 x 90

Publicidade: 1

Arquivo de postagens do site